Archive for the ‘Lâmpadas Xenon’ Category

PEUGEOT 206 COM FAROL DUPLO PROJETOR BLACK COM XENON 6000K 1

março 18, 2008

Nos post’s anteriores falamos da potência do farol xenon. Esse post não vai conseguir mostrar na prática, mas pelo menos com esse vídeo vamos tentar ilustrar…

Farol xenon

março 18, 2008
Os faróis xenon proporcionam melhor visibilidade que lâmpadas comuns ou halógenas . A diferença de luminosidade é ainda muito mais evidente quando se compara condições de péssima dirigibilidade. Estima-se que uma grande parte dos acidentes ocorridos em condições meteorológicas extremas e, especialmente, com limitação de luminosidade poderiam ser prevenidos. Faróis xenon permitem ao motorista atrás do volante superar esses problemas, gerando 3 vezes mais luminosidade a sua frente. Maior visibilidade ao dirigir permite maior confidência, conforto e segurança ao motorista.

Extraordinariamente, sistemas H.I.D. proporcionam maior luminosidade com menor consumo de energia. Por exemplo, uma lâmpada xenon de 35w produz luminosidade 3 vezes mais intensa que uma lâmpada halógena de 55w. Outra diferença é o modo de operação: enquanto uma lâmpada halógena necessita de uma corrente de alimentação elevada e continua entre 10-15 Ampêres, um sistema H.I.D., embora use inicialmente uma corrente alta para aquecimento e inicio de operação, requer uma corrente de alimentação aproximadamente de 3,5 Ampêres durante o uso. Dessa forma, além de proverem uma melhor luminosidade com menor consumo de energia, lâmpadas xenon têm uma maior vida útil. Duram por aproximadamente 3000 horas de uso sob condições normais, ou seja, duram até 4 vezes mais que lâmpadas halógenas.

Mais informações acesse: www.automobil.com.br

Como fazer a instalação do farol xenon

março 18, 2008

1) Primeiramente, desconecte os cabos dos terminais da bateria de seu veiculo;

2) Remova as lâmpadas existentes em seu veículo;

3) Instale as lâmpadas Autovizion adquiridas (caso seu veiculo seja dotado de uma capa protetora contra poeira, limpe-a antes de recolocá-la, proporcionando uma vedação adequada).

4) As lâmpadas podem ser limpas com álcool isopropílico embebido em tecido ou em papel absorvente que não soltem fiapos.
Caso seus faróis não sejam preparados de fábrica para receber lâmpadas Xenon, adicionalmente há a necessidade de seguir os seguintes detalhes de instalação:

5) Fixação do reator e starter:

5.1
Monte-os sob uma superfície sólida, com boa ventilação (como abaixo dos faróis em alguns veículos) e longe de partes moveis do motor (ex. longe do Ar Condicionado ou do sistema de direção hidráulica); não fure a capa protetora do reator/starter;
5.2
Permita uma distância apropriada para que a conexão até as lâmpadas seja o suficiente;
5.3
Conecte o adaptador do reator de ignição até as lâmpadas, tendo certeza que as lâmpadas estejam bem encaixadas e seguras firmemente no lugar;

6) Não monte perto de partes móveis e mangueiras de fluidos; use as cintas fixadoras fornecidas para prender a fiação apropriadamente;

7) Conecte firmemente os plugs a cada suporte dos reatores;

8) Reconecte os cabos da bateria;

9) Acenda as luzes de seu farol e deixe ligado por 10 minutos (procedimento de teste inicial)

Xenon Moto

março 18, 2008

Sabe como instalar farol xenon na moto?? Xi, aposto que nem sabia que existia farol xenon na moto, não é mesmo???

Pois é, existe sim. E tem muitos motoqueiros com dúvidas quanto a instalação, potência do farol, baterias…

Todas essas dúvidas podem ser respondidas no www.motoxenon.wordpress.com.br

Como dirigir com segurança nas estradas

março 12, 2008

Dados da Polícia Rodoviária Federal indicam que o Natal foi o feriado mais mortífero dos últimos anos. Com 196 mortes, o período superou o Carnaval, que é tradicionalmente a época em que há mais acidentes nas estradas. Houve 117,7% mais mortes do que no Natal do ano passado. A coluna desta semana vai fugir do seu foco central – as análises de mercado – para tratar da segurança nas estradas. Estima-se que pelo menos dois terços de todos os acidentes sejam causados por falha humana. O excesso de autoconfiança e a pressa são os principais motivos para a carnificina. Não tenho dados científicos, mas me parece que o grande problema está na falta de experiência para pegar uma estrada.

Não basta saber se comportar direito no trânsito. A rodovia é um universo diferente e isso não parece tão óbvio assim para boa parte dos brasileiros. Os problemas causados pelas falhas mecânicas indicam desleixo por parte dos motoristas. Aliás, a palavra correta para definir essa questão é negligência. Alegando falta de tempo ou de dinheiro, muita gente prefere arriscar (às vezes sem saber) e pegar o carro do jeito que ele estiver. Se a manutenção preventiva é deixada de lado, imagine só a “revisão de férias” – mesmo sabendo que algumas concessionárias de automóveis oferecem checagem grátis de vários itens importantes.

 

E, de toda forma, há um componente envolvendo o mercado, sim: com o aumento das vendas de automóveis, o número de motoristas de primeira viagem (literalmente) também cresceu, expondo os problemas de formação dos nossos condutores.

A seguir, cinco dicas para dirigir na estrada e evitar acidentes:

 

1) Respeite o seu limite. Em caso de sono, cansaço ou enjôo, pare ou passe o volante para outra pessoa. Nunca beba antes de dirigir. Procure descansar a cada duas ou três horas e alongue o corpo.

 

2) Respeite o limite do carro. Sinta o veículo e procure conhecer suas reações e o tempo que ele leva para acelerar. Na dúvida, não ultrapasse. Entenda que ele é uma extensão do seu corpo. Movimentos bruscos podem resultar em acidentes.

 

3) Respeite o limite da rodovia. Não só a indicação de velocidade, mas também os limites impostos pelas condições do asfaltamento (piso ruim prejudica a aderência e as frenagens) e de visibilidade (na chuva e na neblina, vá mais devagar).

 

4) Respeite os outros motoristas. Mantenha distância, use a pista da esquerda só para ultrapassagens, sinalize todas as suas manobras e ande de farol baixo ligado mesmo durante o dia.

 

5) Acima de tudo, respeite a vida. Use cinto de segurança e faça com que todos os passageiros, inclusive os que viajam no banco traseiro, também estejam protegidos.
*****
E POR ÚLTIMO, NO ENTANTO NÃO MENOS IMPORTANTE INSTALE FAROL DE XENON NO SEU VEÍCULO!!!

PARA MAIS INFORMAÇÕES ACESSE: www.automobil.com.br

Xenon é no AutoMobil

fevereiro 25, 2008

Os kits de farol Xenon são muito facéis de montar: nada de cortes de fiação, nada de adequação sob medida;

Os kits de farol Xenon são muito facéis de montar: nada de cortes de fiação, nada de adequação sob medida; um produto para ser apenas colocado no lugar do original. Apenas conecte a lâmpada em substituição a sua lâmpada existente, e pronto! Instalação da lâmpada com sucesso! Para maiores detalhes consulte:

Os kits de farol Xenon são muito facéis de montar: nada de cortes de fiação, nada de adequação sob medida;

Volkswagen Gol – Guia de aplicação de farol xenon

fevereiro 25, 2008

Como aplicar xenon no VW Gol?

Modelo     Ano          Farol baixo     Farol alto    Farol neblina
Gol II      1995-98        H4              H4            H3
Gol III    2000-2005   H7               H1 
Gol IV     2006>>        H4               H4            H3
Gol GTI  1995-98        H4               H4            H3

Como aplicar xenon no VW Gol?

Volkswagen Golf – Guia de aplicação de farol xenon

fevereiro 25, 2008

Você tem um VW Golf? quer fazer aplicação de farol xenon? Confira a tabela então, e saiba que tipo de lâmpada usar:

Modelo Ano   Farol baixo Farol alto Farol neblina 

Golf      1999>>  H7               H1              H3

O vídeo abaixo e um VW Golf com farol xenon

Volkswagen Bora – Guia de aplicação de farol xenon

fevereiro 25, 2008
Modelo
Ano
Farol baixo
Farol alto
Farol neblina
Bora
2000-05
HB5
HB5
Bora
2006
H7
H7

Mitos do Xenon

fevereiro 25, 2008

Muitos falam sobre o farol xenon. Existem muitos mitos e verdades sobre a lâmpada a gás. Quer saber tudo sobre a lâmpada azul? Acesse: www.kitfarolxenon.com

E mais no blog: www.kitfarolxenon.wordpress.com

 


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.